O último suspiro da MTV Brasil

ultima mtv brasil

Na noite do dia 30 de setembro de 2013 foi ao ar o último e derradeiro programa da MTV Brasil. E digamos que sim: caiu um cisco no meu olho. Assista o verdadeiro Último Programa do Mundo, que terminou exatamente a 00:00h do dia 1º.

A marca MTV Brasil, que era do Grupo Abril, foi devolvida para a Viacom e, a partir de hoje, dia 1º de outubro, inicia as atividades como Nova MTV Brasil exclusivamente para TV por assinatura.

Mas a MTV Brasil como ficou conhecida acabou. O seu estilo de ousadia & alegria de produzir, criar, dirigir, experimentar, acertar, errar, inovar, agregar. Todo esse legado ficou. E, principalmente, dizendo com todas as letras ridículas dessa frase piegas e clichê: a MtV FoRmOu O mEu CaRaTeR. O meu e de muita gente que não tem vergonha em assumir isso (e dos envergonhados tbm).

Lembro de assistir a MTV pela primeira vez na casa de um amigo (ele tinha Horizon na TV). Estávamos entediados zapeando os mais de 80 canais chatos até que passamos por um cara que estava se jogando de um carinho de supermercado nos jardins do estacionamento com os amigos. “PERAÍ! PERAÍ! VOLTA LÁ! VOLTA LÁ, RAPIDINHO!” ***vinheta do Jackass***. Era a nossa maior “descoberta” no início dos anos 2000.

Na minha casa não tinha tv a cabo e precisava fazer toda uma gambiarra zoada na antena pra poder pegar alguma coisa. Assisti com “chuvisco” por uns 3 anos, até melhorar um pouquinho a qualidade da transmissão e poder soltar a antena enquanto assistia a programação da MTV. Eram programas que não tinham nas outras emissoras. Falava de música, cinema, bastidores, comportamento, sexo, tinha programas de humor, entrevistas, notícias, entretenimento, making of de videoclipes, premiação. Tinha palavrão.

Na tv aberta tradicional a palavra “merda” já era vetada, nunca se ouvia um “porra” e na MTV tinha “porra, caralho, boceta, filho da puta, viado, corno, vai tomar no cu e vai se foder” assim mesmo, numa só frase (obrigado João Gordo). Era ousado, era livre e inteligente. Cada programa criado tinha um jeito bem personalizado, nada seguia as tendências mercadológicas das grandes indústrias da mídia tradicional.

A MTV Brasil tinha a minha idade, 23 anos no ar. Desde 1990, revelando bandas e vj’s, profissionalizando redatores, diretores, produtores, dando oportunidade para designers, publicitários, fazendo escola. Eu fui um dos alunos, no caso, educação à distância. Gostava de ver como era feito cada programa, clipe, evento, etc.

Enfim, esse legado ficou, a MTV Brasil acabou, eu tive a oportunidade de curtir e de ver ao vivo seu último suspiro logo depois da Astrid falar o “inté!” e outros vj’s e funcionários dando tchau, aquele logo coberto pelas cores do Brasil sumindo, indo embora no fundo, até ficar tudo preto e silencioso. Foi triste. Emocionante. Chorei um pouco. Mas valeu! 🙂

Anúncios

Tags:, , , , ,

About Allan Leão

Ninguém. (sério)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s